HomeDicas para o BoxDicas de GestãoPerfil de lesões no CrossFit: descubra o que os cientistas comprovaram

Perfil de lesões no CrossFit: descubra o que os cientistas comprovaram

escrito por Diego Oliveira

Com certeza um dos maiores preconceitos existentes atualmente é que o CrossFit é uma modalidade que causa muitas lesões. Alguns movimentos, são realmente desafiadores e muito explosivos. Mas um novo estudo mostra que essa não é a verdadeira história.

MITO OU VERDADE

Muito se fala em lesões no CrossFit, mas por incrível que pareça o CrossFit lesiona menos do que modalidades esportivas mais comuns, como por exemplo o Futebol.

Um estudo chamado “A natureza e a prevalência de lesões durante o treinamento CrossFit”, realizou um levantamento de lesões na modalidade. A pesquisa monitorou 132 atletas e constatou um número de 3,1 lesões a cada 1.000 horas de atividades dentro do Box.

E por incrível que pareça, essa quantidade de lesões é muito baixa!

Com base nesse estudo, as modalidades que mais apresentaram lesões a cada 1.000 horas praticadas foram o Squash com 18,3 lesões e o Judô com 16,3 lesões. Ainda sobre o mesmo estudo, o CrossFit se mostrou ainda mais seguro do que categorias tradicionais como Futebol que apresentou 7,8 lesões, o Vôlei com 7,0 e o Tênis com 4,7 lesões a cada 1.000 horas praticadas.

 

Os números impressionam, mas o especialista Bruno Smirnaul, mestre em Biodinâmica do Movimento e Esporte pela UNICAMP e doutor em Atividade Física e Saúde pela UNESP de Rio Claro alerta que é preciso tomar cuidado com as comparações.

 

“As comparações com outros esportes/atividades são apenas preliminares, devido a características como o tipo de população normalmente envolvida em cada tipo de esporte/atividade (nível de treinamento e experiência prévia, por exemplo). A não diferenciação de treinamentos ou competições (competições acarretam em maior número de lesões), a gravidade das lesões ocorridas em cada esporte/atividade, dentre outros fatores metodológicos de cada estudo”.

 

A PRESSA É INIMIGA DA PERFEIÇÃO

 

O estudo mencionado anteriormente deixa evidente que o principal fator de acontecer tantas lesões no CrossFit, não são necessariamente os exercícios, mas sim fatores como esforços desnecessários e a falta de paciência dos próprios atletas e praticantes.

 

Por se tratar de um esporte de alta intensidade, o corpo deve estar preparado para receber toda explosão gerada pelos exercícios, mas como todos sabem, a maioria dos praticantes de CrossFit adoram desafios e no geral, sempre procuram aumentar a carga ou a intensidade do treino. Além disso, esses mesmos praticantes procuram métodos fora do Box para otimizar o treinamento ou acelerar os resultados e acabam esquecendo que estes tipos de dicas podem trazer outro tipo de complicação por não terem um acompanhamento profissional adequado, e é aí onde os problemas acontecem.

 

A falta de preparo para realizar treinos de maior intensidade facilita o surgimento de lesões que por sua vez surgem frequentemente em locais que são de difícil recuperação, como ombros, coluna, cotovelos, pulso e joelhos.

 

Então aqui vai uma dica importante é:

A preparação mental e física do corpo é essencial para evitar lesões no CrossFit. Por isso se você é praticante, segure a ansiedade e procure realizar os movimentos corretamente e faça o fortalecimento dos membros que são mais exigidos na modalidade.

 

 

ACOMPANHAMENTO ESPECIALIZADO É OBRIGATÓRIO

 

Outro detalhe importante que ajuda o CrossFit a ter essa ‘fama’ de vilão quando o assunto está relacionado a lesões, é o despreparo dos Coaches.

É importante entender os limites do corpo, porém mais importante ainda é ter um acompanhamento impecável no momento de realizar os treinamentos.

Muitos especialistas e Head Coaches de CrossFit, culpam a falta de qualificação dos coaches somada a ansiedade dos praticantes como um dos principais fatores do surgimento lesões com tanta frequência nos Box de CrossFit.

 

Por isso aqui vai outra dica:

Se você é praticante, procure por Box de CrossFit que são afiliados à CrossFit. Pois isso é uma prova de que todos os tipos de movimentos que serão repassados, foram testados e aprovados pelos próprios criadores da modalidade, e quem possui esse selo consegue de fato repassar de maneira correta e segura todos os treinos em questão.

 

BOM SENSO

 

O que fica claro é que para quem curte desafio, o CrossFit é um prato cheio. Mas é importante ter muita cautela e bom senso no momento de entrar no Box.

Segurar a ansiedade nos WOD’s é um dos primeiros pontos que você praticante tem que ter em mente. O ambiente que rola no Box é sempre de desafio e superação, então sempre vão ter pessoas apoiando (inclusive pessoas que você talvez nem conheça). Pois essa é uma cultura que já existe na comunidade CrossFit e acaba gerando um estado de empolgação e energia positiva para quem está realizando sua rotina. E nesse momento é importante que haja um equilíbrio e você precisa entender as limitações do seu corpo para que o pior não aconteça.

 

E para quem é dono de Box existe algo mais importante. A qualificação do seu time de Coaches.

 

Ter um padrão de atendimento definido, bem como o conhecimento adequado para repassar de maneira segura os movimentos para todos os tipos de praticantes e atletas, é algo fundamental atualmente.

Por isso, invista na educação do seu time de coaches e procure fazer com que eles façam a Certificação Level 1 da CrossFit, que é um certificado que garante que o seu Coach está realmente preparado para instruir de maneira segura qualquer tipo de praticante de CrossFit.

Quer saber mais sobre como conseguir a Certificação Level 1?
Leia nosso artigo clicando aqui!

exercito de coaches crossfitPowered by Rock Convert
Gostou? Ajude a espalhar para outros amantes de Cross Fit ;)

Veja também:

Aplicativo para Box CrossFit ×

FAÇA GESTÃO PROFISSIONAL NO SEU BOX!

Sistema e Aplicativo para Box: produtividade e inovação em uma só ferramenta!

CLIQUE AQUI PARA CONHECER