Home Cross Training Como montar um box de treinamento funcional

Como montar um box de treinamento funcional

escrito por Luciara Tayane

Primordialmente aqui vamos enfatizar ainda mais o cenário fitness que tomou conta do país, gerando aumento significativo desse mercado. Uma cultura que trouxe novos hábitos nos cuidados com corpo e a saúde. Ao passo que diversas atividades ganharam força e ampliaram seu número de participantes. O treinamento funcional é um grande exemplo disso. Afinal cada vez mais os Boxes desse treinamento vêm sendo instalados e estão sempre cheios.

Como resultado de um mercado em expansão, montar um Box tornou-se uma mega oportunidade para empreender. Antes de mais nada vamos elencar o que precisa ser levado em consideração pra montar seu Box.

 


Leia também:

 


Com toda certeza pra começar o local a ser escolhido deve ter toda sua estrutura para atender os praticantes dessa modalidade. Assim sendo alguns fatores devem facilitar a vida dos alunos como: acesso facilitado, boa localização, estrutura em geral e segurança, tornam-se decisivos na hora da escolha do local. Certamente com o foco em oferecer o melhor aos alunos, vale muito a pena disponibilizar tempo para pesquisar o local que atenderá melhor seu Box e conquistará melhor seus futuros alunos.

Turmas cheias de alunos pode ser um ponto positivo para seu box, desde que você respeite o espaço para treino de cada aluno. A área ideal de treino, para que seus alunos se exercitem sem esbarrar uns nos outros é de 4 a 6 metros quadrados, revestida com piso emborrachado de qualidade.

Além de uma área que possa comportar todos os alunos de maneira confortável, a altura do Box também é um detalhe importante, e deve ser analisado com extremo cuidado. A altura é importante para a instalação de cordas e o ideal é que o pé direito seja de 4,60m a 5m de altura. Caso o seu prédio não possua essa altura, o mínimo aceitável é de 3,60m.

Para montar um Box não é obrigatório ter formação em educação física, no entanto por ter no Box o desenvolvimento de atividades físicas de alta intensidade, é recomendado contar com um ou mais profissionais de educação física em sua equipe,

Olha que oportunidade incrível! Você dedica seu tempo na gestão integral e tem em um ou mais professores capacitados, a ferramenta para fazer os treinos acontecerem.

Podem surgir confusões sobre a nomenclatura do local onde são realizados os treinos funcionais. Só para exemplificar os mais conhecidos são: Studio de treinamento funcional, Academia funcional ou Circuito funcional.  Alguns objetos tem a finalidade de auxiliar as atividades de treinamento funcional: Kit Treinamento Funcional; Material Treinamento Funcional; Equipamentos para Treinamento Funcional; Aparelhos para Treinamento Funcional; Acessórios para Treinamento Funcional.

 

Em virtude de trabalhar ao mesmo tempo: agilidade, força, equilíbrio, resistência, condicionamento cardiorrespiratório e coordenação motora. O treinamento funcional tem alguns aliados. Nesse sentido, destacamos para facilitar na montagem do seu Box os principais materiais e equipamentos com suas especificidades e potencialidades:

 

  • Step: seu foco é desenvolver o condicionamento cardiorrespiratório, promovendo assim por consequência a queima de gordura corporal. sua pluralidade permite: realização de atividades aeróbicas, utilização como plataforma para a execução de abdominais e demais exercícios de força;
  • Corda de pular: A brincadeira de criança, ganhando papel fundamental no trabalho da coordenação motora, queima de gordura e desenvolvimento capacidade cardiorrespiratória;
  • Bosu Ball: Equilíbrio e controle corporal são trabalhados, possibilitando o aumento dos níveis de dificuldade de exercícios que fortalecem os membros inferiores, Destaca-se a capacidade de variações interessantes para o agachamento e a extensão de quadril;
  • Medicineballs: Versatilidade em servir tanto para abdominais ou como peso para exercícios de membros superiores. Essas bolas geram dinamismo no treino de força.
  • Corda para Rope Trainning: Possibilita o desenvolvimento de força e resistência nas capacidades aeróbicas e anaeróbicas;
  • Kettlebell: bola feita de ferro fundido com uma alça para manuseio.Multiuso total no treinamento funcional podendo trabalhar:força, flexibilidade e resistência
  • Bola ou feijão: Trabalha resistência e alongamento, além de oferecer variados níveis de dificuldade para execução de abdominais;
  • Elástico: Super versátil, permitindo total desenvolvimento de força e flexibilidade muscular;
  • Abdogain: Tem sua função em trabalhar de forma isolada cada grupo muscular do abdômen, gerando melhor condicionamento da musculatura abdominal;
  • Escada de agilidade: sempre presente atividade aeróbica e condicionamento cardiorrespiratório, Afinal tem como grande benefício, estimular a coordenação motora e o equilíbrio. destaca-se que o grau de dificuldade do exercício é proporcional à velocidade das passadas;

No momento que os principais aspectos para montar um box, ficam mais claros, tesse processo fica mais acessível. Afinal fica cada vez mais notável que é um atividade que cresceu muito e tende a crescer muito mais.  Como consequência disso promove a quem quer abrir seu box a chance de destaque e evolução no mercado de forma rápida e com custos reduzidos.

Gostou? Ajude a espalhar para outros amantes de Cross Fit 😉

Veja também:

Aplicativo para Box CrossFit ×

FAÇA GESTÃO PROFISSIONAL NO SEU BOX!

Sistema e Aplicativo para Box: produtividade e inovação em uma só ferramenta!

CLIQUE AQUI PARA CONHECER